Cobertura, pela imprensa, da posse no cargo de Delegado da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso – 28.09.2021


Os delegados vão passar primeiro por uma academia para conhecimento na área policial

Gislaine Morais & Kleyton Agostinho/VGN

O Governo de Mato Grosso empossou, na manhã de hoje (28.09), na sede da Polícia Judiciária Civil (PJC), 18 novos delegados aprovados no concurso público de 2017.

Em entrevista coletiva, o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, contou que os empossados iniciam a partir de amanhã (28), a preparação na Academia da Polícia Civil de Mato Grosso (Acadepol).

“São pessoas muito bem qualificadas e preparadas para isso. Agora serão submetidas a uma academia, onde tomarão os conhecimentos da área policial para depois desempenhar sua função”, declarou ele.

Bustamante explicou que depois de passarem pela Acadepol, os delegados serão acomodados de acordo com as necessidades do Estado. “Haverá uma acomodação de todos os delegados”, concluiu o secretário Alexandre Bustamante.

O delegado-geral da Polícia Judiciária Civil, Mário Demerval disse em entrevista à imprensa, que amanhã (29) começa a aula inaugural, e em fevereiro, os novos profissionais seguem para o interior para iniciarem seus trabalhos como delegados na classe substituta.

Para o delegado Demerval, a Polícia Civil estava sofrendo com a queda do efetivo por conta das aposentadorias, assim como com o crescimento do Estado, e chamamento destes profissionais era primordial para manutenção da ordem pública, celeridade das investigações e para que os pedidos judiciais e as investigações sejam feitas de maneira coerente.


18 novos delegados da polícia civil são empossados em MT

Fonte: Governo de Mato Grosso

Os novos delegados de polícia ingressarão no 17º Curso de Formação Técnico-Profissional com aproximadamente 700 horas/aulas, ministrado pela Academia de Polícia Civil.

 


Polícia Civil terá mais 18 novos delegados para atuar no interior de Mato Grosso

Fonte: Só Notícias

Mais 18 profissionais tomaram posse hoje, como delegados em Mato Grosso na Diretoria-Geral da Polícia Civil, com a presença de secretários de Estados e dos diretores da instituição. A nova turma tem profissionais de diversos estados do país, como Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e do Distrito Federal.  O termo de posse dos novos delegados foi lido por Renata Evangelista e o juramento por Ronaldo Binotti Filho. Agora, eles iniciam o 17º curso de formação técnico-profissional com os diretores da Polícia Civil e na quinta-feira seguem para as disciplinas na Academia de Polícia. O curso seguirá até janeiro e, depois de formados, os profissionais serão lotados em delegacias no interior do estado.

O delegado-geral, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, pontuou que a nova turma chega em um momento de diversas transformações tecnológicas e de infraestrutura pela qual passa a instituição, o que vem sendo conquistado graças às parcerias e apoio do Governo do Estado. “Tecnologicamente, a Polícia Civil conquistou diversos avanços, a exemplo do inquérito eletrônico, integrado totalmente ao Processo Judicial, que suprimiu o papel na nossa instituição, e outros projetos a serem entregues nos próximos meses que nos distinguirão positivamente da maioria das Polícias Civis do País. Elaboramos uma política de investimentos tecnológicos que resultaram em evolução e nos colocaram na vanguarda em resultados e novidades”, apontou o gestor.

O delegado-geral afirmou ainda das conquistas estruturais, a exemplo da nova sede que será construída no Centro Político e Administrativo, e dos investimentos em rede lógica, veículos e novas sedes para diversas delegacias na região Metropolitana e no interior. “Nossos investimentos também alcançam a área da inteligência como nunca se viu e uma perspectiva de inovação investigativa com novidades, entre elas, a utilização de algoritmos. E para o próximo ano, em recursos do Estado, temos previstos R$ 13 milhões para o inquérito eletrônico. E com essa turma que agora ingressa, só temos a comemorar, uma vez que o governo entendeu a importância do profissional delegado estar presente nos municípios de Mato Grosso. E para 2022 esperaremos mais nomeações e, creio que as teremos, em virtude das contínuas aposentadorias e o crescimento do estado”.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, lembrou do programa de investimentos que a área vem recebendo, como as aquisições de armamentos modernos, novas tecnologias para monitoramento de rodovias no estado, nova aeronave, academia integrada das forças de segurança, aquisição de laboratórios, tecnologia embarcada, entre outros investimentos. “E dentro desse escopo, o desafio dos novos delegados é manter o padrão de qualidade que a Polícia Civil vem alcançando ano a ano com o resultado de investigações e a resolutividade de crimes”.

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, que representou o governador Mauro Mendes, reforçou o trabalho da gestão em construir uma estrutura que a população possa acessar com qualidade os serviços públicos e também do empenho dos novos profissionais em colaborar para que o Estado tenha excelência nas áreas de atuação. “É o que pedimos a toda a turma que ingressa hoje na Polícia Civil de Mato Grosso, atuar no serviço público fazendo o melhor pela sociedade mato-grossense”, finalizou o secretário.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)

5.00 avg. rating (100% score) - 1 vote
Esta entrada foi publicada em Delta - PJC-MT e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.